O carro do Google literalmente automático

Vídeo: Passeando no carro automático do Google
(A coisa mais impressionante que inventaram há um bom tempo! *_*)

 Se você é tão nerd quanto eu e gosta de acompanhar blogs sobre tecnologia, provavelmente já deve ter visto a palestra bem humorada de Eric Schmidt, agora ex-CEO do Google, onde ele disse que é um bug o fato dos carros terem sido inventados antes dos computadores. Na época a empresa tinha começado a desenvolver uma tecnologia onde torna-se desnecessário que um carro seja conduzido por um ser humano. Sim, cabeçudos, um carro literalmente automático!

 E pra quem pensa que isso é coisa só para um futuro bem distante, daqueles só vistos em filmes viajados de ficção científica, se engana. Segundo o próprio Google, eles já testaram o carro que se dirige sozinho por mais de 200 mil quilometros com a necessidade de pouquíssimas intervenções humanas. Inclusive alguns sortudos que foram ao TED (uma das conferências nerd mais famosas do mundo) tiveram a oportunidade única de dar uma volta no carro automático do Google, como você pode assistir no vídeo acima. =D

 Sério, quando eu assisti ao vídeo fiquei de cara, estava esperando um carro andando a velocidade comparável de uma lesma mas não, ele chega a atingir velocidades de quase 70 km/h inclusive fazendo umas curvas velozes, cantando pneu e tudo mais, que confesso provavelmente eu mesmo não conseguiria fazer parecido. Segundo Danny Sullivan, que teve a oportunidade de passear num deles, o carro foi previamente programado para dirigir dessa maneira mais agressiva, já que estava em um circuito fechado e tal. Impressionante, não?! =)

Vídeo: O carro autônomo do Google "dirigido" por um deficiente visual
(Steve Mahan perdeu 95% de sua visão e foi convidado pelo Google a "dirigir" o carro autônomo!)

 Aí você deve estar pensando: "Po, mas isso é numa pista fechada... e na rua com todos outros carros, bicicletas e pedestres, como vai ser?". Para conseguir a façanha de sair andando por aí, o carro do Google conta com uma verdadeira parafernália. São elas: Um sensor giratório no topo do carro que escaneia uma area de 60 metros a sua volta, criando um mapa 3D com sua localização. Outro sensor também é colocado na roda dianteira para saber em detalhes a direção e ajudar a localizá-lo no mapa. Além disso o veículo conta com 2 radares (um dianteiro e outro traseiro) e uma câmera de vídeo posicionada próxima ao retrovisor com o objetivo de detectar pedestres, ciclistas, semáforos e qualquer outro tipo de obstáculo. Para completar, ele ainda possui um GPS, um laser para calcular distâncias, um sensor de movimento de inércia e tudo isso é processado por um computador de bordo!

 Realmente isso é um feito memorável que pode reduzir drasticamente o número de acidentes de trânsito. O único problema ao meu ver será convencer aquelas muitas pessoas que adoram carros (é só olhar a quantidade de programas, blogs e competições automobilísticas) abrirem mão do prazer de dirigir e adotarem essa tecnologia. Já eu?! Não vejo a hora disso ser produzido em larga escala! \O/

Postado ao som de:
Sigur Rós - Hoppípolla
     Compartilhe esse post em seu Twitter, Facebook, orkut ou onde preferir! =)
O novo Twitter O Professor de música que se tornou milionário jogando videogame